17ª vara protela, ainda mais, pagamento do PPR na CET-SP

Em mais uma decisão, justiça posterga pagamento de benefício ao trabalhador da companhia

1643

Hoje, 8 de setembro, foi publicada a sentença da 17ª Vara do Trabalho de São Paulo extinguindo  o processo sem resolução do mérito.

Ou seja, não analisaram as questões do processo, negando o pronto pagamento do nosso PPR.

PERDEMOS ENTÃO?

Não. Novamente, a companhia junto com a prefeitura de São Paulo, tem buscado todos os  recursos para não pagar o que é de direito à trabalhadora e trabalhador. No caso, nosso PPR.

É nosso direito, está em nosso ACT e com a extinção desse processo, buscaremos novos instrumentos jurídicos. Sempre com atenção para não cairmos na armadilha da litigância de má fé, ou seja, quando buscamos de forma abusiva os direitos processuais.

ESTRATÉGIA

Entre hoje e amanhã estaremos reunidos, direção e o nosso corpo jurídico para avaliação da sentença e definição dos próximos passos.

UNIDADE E PACIÊNCIA

O que mais precisamos é manter a unidade. Não há espaço, nem tempo, para divergências, sabíamos, desde o início, que a atual administração iria vir para cima das trabalhadoras e trabalhadores, não é fácil, sabemos e estamos aqui para isso, na luta e defesa de todos os direitos.

COMUNICAÇÃO OFICIAL

Desde que assumimos a direção do SINDVIÁRIOS, todas as notícias, processos e passos do sindicato, são discutidos com a categoria e publicados em nossos meios de comunicação oficial. Não deem ouvidos à rádio peão, nesse momento, manter a casa junta e com discurso único é a nossa melhor arma.

Aguardem nossos próximos boletins e nossa live, onde abordaremos todo tema com profundidade.

Reno Ale
Presidente do Sindviários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome