Acordo coletivo aprovado!

Se os reajustes não forem pagos, nova assembleia, com indicativo de greve e dissídio coletivo, ocorrerá em outubro

2372

Mesmo com a noite fria e com a chuva, no dia 03 de setembro, 163 trabalhadores participaram da assembleia que aprovou ACT 2019.

O presidente do SINDVIÁRIOS Reno Ale explicou que a proposta apresentada ainda será validada pela JOF, mas, não aguardaremos mais de 50 dias por essa decisão, como acontece nesse momento com a SPtrans.

Como antídoto a esse veneno em nossa categoria, aprovamos ontem, também, uma Assembleia Geral Extraordinária para no dia 03 de outubro, onde decidiremos pela entrada de dissídio coletivo e greve por tempo indeterminado, ou seja, caso até o final do mês de setembro, não sejam pagos os reajustes acordados e os valores retroativos a maio, não restará outra alternativa que não seja buscar a justiça.

Obviamente, esperamos que seja respeitada a decisão da categoria e da diretoria e conselho da empresa, mas, estamos em estado de alerta e prontos para a luta, caso seja necessária.

Confira a proposta aprovada:

  • 4,99% Reajuste nos salários;
  • 4,99% Adicional por tempo de serviço;
  • 4,99% Vale refeição;
  • 4,99% Vale Alimentação;
  • 4,99% Vale fretado;
  • 4,99% Adicional de campo;
  • 4,99% Auxilio Educação;
  • 4,99% Auxilio Educação Especial;
  • 4,99% PPR;
  • R$ 50,00 reais mensais no Vale cultura (valor mantido);
  • Garantia de pagamento do 13º Vale Alimentação já reajustado em dezembro;
  • 0,25% da folha nominal para o SGD (mediante disponibilidade financeira).