Assédio moral e transferências

O Diretor de Saúde solicitou junto ao gerente da GET Leste, que informe “quais são os critérios adotados para “empréstimo” de trabalhadores, para após tomarmos as medidas cabíveis

359

Preocupado com a saúde mental da categoria, o SINDVIÁRIOS repudia a prática de transferências contra a vontade do trabalhador, sem pedido formal do mesmo (BTE).

Recebemos reclamação de que um trabalhador, após reclamar de uma postura de uma gestora, foi “emprestado”, para outra área. O SINDVIÁRIOS quer saber qual a excepcionalidade, qual o interesse público nestes “empréstimos”.

É notório que a CET é uma empresa pública e por isso mesmo deve seguir preceitos constitucionais. Não concordamos com empréstimos contra a vontade do trabalhador, principalmente após uma reclamação contra sua chefia, queremos saber também se a entrega de atestado médico é um dos critérios, se este for o caso, para os referidos “empréstimos” ou transferências de empregado.

O Diretor de Saúde solicitou junto ao gerente da GET Leste, que informe “quais são os critérios adotados para “empréstimo” de trabalhadores, para após tomarmos as medidas cabíveis a cada caso.  Se você trabalhador foi transferido ou emprestado e não concorda com esta referida transferência, procure seu sindicato para orientação e providências.

Confira aqui o ofício 165-2022

Ergonomia e mobiliário

O SINDVIÁRIOS, preocupado com a situação ocupacional dos trabalhadores, solicitou à SRTE/DRT uma fiscalização no mobiliário e condições de ergonomia em diversos departamentos da empresa, para que, caso seja constatado alguma anormalidade, que a empresa, após notificada, tome as providências necessárias para preservar a saúde dos trabalhadores e não agravar aqueles que já possui alguma comorbidade.

Contra o fascismo, a democracia é uma luta de todos.
Pense e reflita: POLÍTICO NÃO É TUDO IGUAL.  –  Vote Consciente.
Robson Lorono – Diretor de Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome