Assembleia dá prazo até Carnaval para negociação com CET-SP e primeira reunião de negociação foi de apresentações

Realizada na quadra dos Metroviários, ampla maioria na assembleia escolheu as negociações com a companhia

1818

Em assembleia realizada ontem, 15/12, nos metroviários, com a presença de 284 trabalhadores, uma maioria expressiva se pautou pela razão e apontou para as negociações com a CET-SP, sendo o limite máximo até as vésperas do Carnaval.

Até lá, todos devem realizar operação padrão, fazendo apenas o que descreve sua função, seja administrativa ou operacional.

Primeira Rodada de Negociação

Nesta quinta-feira, 16/12, na primeira reunião de negociação, a bancada patronal, totalmente nova, afirmou que seguirá as diretrizes da JOF e limitou-se as apresentações iniciais.

Também se comprometeram a encaminhar, no início da próxima semana, uma proposta de cláusulas sem impacto financeiro.

Para as questões de ordem financeira, a diretoria financeira da CET-SP está realizando estudos e tão breve sejam concluídos, serão apresentadas.

Do nosso lado, a bancada dos trabalhadores, deixamos claro, sendo consignado em ata, que o limite máximo de negociação finda em 08 de fevereiro.

Expusemos também que as trabalhadoras e trabalhadores pedem a garantia das datas-bases, maio de 2020 e maio de 2021 e que estamos abertos às negociações, aparando nesse momento qualquer tipo de aresta, com a condição que a JOF não interfira, inclusive nas pendências em trâmite na justiça.

Próxima Rodada de Negociação

Ficou agendado, na próxima quarta-feira, uma nova rodada de negociação e, além da leitura da ata dessa primeira reunião, tentaremos limpar, já com a proposta da CET, parte da nossa pauta.

Rádio Peão, não!

Fiquem atentos às nossas publicações, é somente em nossos canais oficiais que tudo que está acontecendo é divulgado e sempre que necessário ou surgir alguma novidade, retornaremos a esse espaço.

2 COMENTÁRIOS

  1. “Até o carnaval?”. Estamos em negociações a muito tempo. Nós vamos ser esquecidos nestas festas de final de ano. Os funcionários (menos de 300) demonstraram que os acordos já eram! Nada foi cumprido do acordo de 2018 e 2019 e estão sapateando nas nossas cabeças. E dá-lhe assessores 13500, saindo pela culatra. Todo dia é um ato do presidente.

  2. Nossa ! De quem foi essa ideia louca ?
    Alguém acha que a JOF vai querer abrir negociação de 2022 três meses depois, ou pior, a data base de 2022 vai ser engolida !! Ou algum gênio acha que a CET / JOF vai propor aumentar o índice ? Sei lá …pra 30% kkkkk da pra duvidar de erro !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome