CET Santos: Categoria rejeita proposta e entra em estado de Greve

Em assembleia realizada no dia 27/7, categoria não aceitou proposta apresentada pela direção da CET Santos

949

Na assembleia geral realizada em 27/7, a categoria não aceitou a última proposta apresentada pela direção da CET Santos e decidiu a instauração de Assembleia Geral Permanente da Categoria e Estado de Greve.

Apesar do clima tranquilo, é notório a insatisfação dos trabalhadores e trabalhadoras pela proposta realizada pela companhia. E, não é só a falta de reconhecimento profissional, mas também, pela insistência da direção em não discutir as perdas de 2020 e 2021.

Para tentar destravar as negociações, trabalhadoras e trabalhadores decidiram, em assembleia, alterar a pauta original para que fosse informada à empresa que os itens constantes e, somente estes, fossem o objeto de novas negociações.

Considerando, então, a rediscussão do 13º Vale Alimentação, Participação nos Planos Médicos e Recomposição de perdas Inflacionárias, como forma de demonstração da categoria em querer a continuidade da discussão da Campanha Salarial no diálogo e na mesa de negociação.

DIA DE MOBILIZAÇÃO

Vencida essa etapa, ficou definido 16 de agosto como dia de mobilização, para uma Campanha de Doação de Sangue de toda Categoria. E, ainda, o dia 28 de agosto, a partir das 23h (vinte e três horas), paralização por 24h (vinte e quatro horas).

AGORA É AGUARDAR

O resultado da assembleia já surtiu um fato positivo, e dia 03/08 foi agendada uma nova reunião com a direção da CET, contemplando o nosso desejo e, claro, da categoria, a manutenção do diálogo.

As medidas discutidas e aprovadas em assembleia têm o caráter único de acelerar o processo negocial e descaracterizar nossa Campanha Salarial, para qualquer politização do movimento.

Até lá, permaneceremos em em estado de greve. Aguardem novos comunicados do SINDVIÁRIOS. Somente a luta, organizada, muda a vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome