CET SANTOS: Revisão do PCCS

Desde o empossamento do novo Presidente Vilani, não houve um posicionamento da CIA

325

Companheiras e companheiros, é importante ressaltar que em 2015 foi acordado e aprovado em nossa negociação salarial, que seria criada uma comissão paritária (representantes da diretoria da CET e representantes dos trabalhadores), para a reformulação do Plano de Cargos Carreiras e Salários.

     A comissão foi criada, e ao longo do ano houve diversas reuniões, onde foram ouvidos todos os gestores da empresa, assim como suas demandas e sugestões, com o intuito de trazer e discutir melhorias e propostas!

     O relatório final, aprovado por consenso, trouxe o resultado de um longo trabalho de discussão e sistematização de um plano que deve ser constantemente revisado e atualizado.

     As mudanças visam dar mais mobilidade dentro das carreiras, revê os questionários, propõe um novo modelo de avaliação, corrige distorções em cargos de nível universitário, diminui a media de pontos, altera a nomenclatura dos Operadores de Tráfego, entre outras coisas.

Mais do que tudo isso o relatório final, expressa as esperanças de trabalhadores que construíram suas carreiras aqui na CET e ajudaram e continuam ajudando a tornar  a cia. respeitada como Gestora do Trânsito e do Gerenciamento dos Transportes no município.

Porém, todas as alterações propostas e aprovadas em nosso relatório, estão nas mãos do Presidente Vilani, desde o seu empossamento.

 Não entendemos e questionamos o motivo deste grande período ainda sem um posicionamento, e discordamos veementemente com a forma como o presidente trata este assunto.

É descaso para com nós, trabalhadores!

O PCCS  é fundamental nas relações dentro da CET, e também na carreira de  todos os Concursados, e nossas trabalhadoras e trabalhadores não podem ser prejudicados em mais uma avaliação!

O tempo de conversa acabou!

Chega de descaso com a categoria!

Exigimos um posicionamento e a imediata implantação das mudanças propostas!