CET Santos: Viaturas Sucateadas!

A direção da companhia, na reunião, garantiu que o contrato de locação está sendo saldado regularmente e que não existem motivos para a falta de manutenção

137

No dia 30 de outubro, a direção do Sindviários se reuniu com a diretoria da CET para discutir a situação da frota operacional (vtr’s e motos) da companhia.

Solicitado por grande parte dos trabalhadores da operação, a discussão teve como ponto prioritário a questão da segurança.

Foram apresentados ao diretor presidente, que também é diretor técnico operacional, relatos e testemunhos de falhas graves nos veículos.

Problemas estes que acumularam ainda mais no último período, fruto do desgaste da frota, comprometendo tanto a prestação de serviços como a segurança de quem dirige ou é transportado por estas viaturas.

Houve um reconhecimento por parte da diretoria, que a frota está “velha” e defasada (no caso das kombis e motos).

Na reunião, a companhia firmou um compromisso para que novas viaturas cheguem ainda em 2017.

Outra providência a ser tomada, e isso depende de quem dirige, é a baixa de viaturas e motos sem equipamentos obrigatórios e com falhas mecânicas.

A direção da companhia, na reunião, garantiu que o contrato de locação está sendo saldado regularmente e que não existem motivos para a falta de manutenção.

Se isto está ocorrendo, vamos denunciar, vamos levantar estes problemas e informar à USERG. O Sindicato, os representantes sindicais desde já se comprometem nesta questão, além disso é importante acionar a CIPA quando a segurança está em jogo.

Não existe chefia que obrigue alguém a dirigir um veículo sem condições!

A segurança é nossa prioridade no trânsito!