CET SP: DESMANDOS NA CENTRAL DE OPERAÇÕES 2

SINDVIÁRIOS e CRE defendem juntos, trabalhadores em processo disciplinar

70

Mesmo após nossa denúncia através do boletim Transitando nº 021 em 20/07/18, a Central de Operações da CET SP continua com seus atos de abuso de poder. 

Desta vez, estão rejeitando o recebimento de atestados médicos dos empregados que tiveram a necessidade de algum afastamento e só puderam levar seu atestado no dia seguinte, sob a alegação de que o documento foi entregue fora do prazo, embasados no aviso geral º26/2018.

É como se o empregado fosse obrigado a sair doente do hospital direto para a Companhia para entregar seu atestado ou pior que o empregado tenha que pagar algum serviço de entregas, como motoboys, para fazer chegar seu atestado no prazo absurdo de 24h a contar da consulta médica.

Estivemos nesta terça-feira, 31/07/18, juntamente com o Conselho de Representação dos Empregados – CRE, em defesa de dois empregados num processo disciplinar, sendo um Conselheiro Eleito que no uso de suas atribuições como representante divulgou um texto nas redes sociais e o outro que responde ao processo pelo simples fato de ter compartilhado a mensagem do seu representante.

O que nos parece é que além de apanhar, os empregados devem se calar, caso contrário serão suspensos e perderão dias de trabalho, inclusive perdendo o direito a ser promovido no SGD que é uma das consequências das punições dentro da CET.

O SINDVIÁRIOS luta em defesa de toda a categoria e tomará as providências cabíveis para que a empresa não aja como bem entender, abusando de seus poderes.

Rafael Mandatte (presidente do CRE), William dos Santos (Secretário-geral do CRE), Flávio Junior (Conselheiro do CRE), Antonio Carlos (OMIT) e Michel Costa (Secretário-geral do Sindviários)