EMDEC: Assembleia aprova proposta de Aditamento do Acordo Coletivo 2017/2019.

A assembleia ocorreu ontem, dia 18 de julho e marcou o fim de nossa Campanha Salarial

142

Graças ao empenho da direção do SINDVIÁRIOS, conseguimos que a primeira contra proposta da Emdec fosse reprovada e melhorada após retorno à mesa de negociação, conseguimos que a Emdec avançasse em sua proposta garantindo aos trabalhadores um aumento extra no Vale Alimentação e no Vale Refeição.

Esse avanço conquistado em nossa negociação mostra como é importante  que os trabalhadores se organizem através da única entidade que legalmente os representa, o sindicato.

Sem a organização sindical de classe o trabalhador fica refém do poder exercido pelo patrão e não tem como contrapor e lutar por melhores condições de trabalho e salários.

O SINDVIÁRIOS historicamente sempre garantiu aos trabalhadores avanços em nossas negociações garantindo à nossa categoria acordos coletivos com cláusulas que ampliam o convencionado nas leis trabalhistas. 

Para que continuemos a garantir tais direitos aos trabalhadores, é importante que a categoria contribua com o sustento da entidade sindical tornando-se sócio, atualmente com o fim do imposto sindical (contribuição sindical), as entidades sindicais estão descapitalizadas,  dificultando assim a organização dos trabalhadores.

Sindicato não é só a direção, sindicato é a união dos trabalhadores e trabalhadoras, que unidos em prol da entidade sindical constroem um sindicato forte e com maior poder de luta! 

Veja como ficou mais essa conquista do Sindviários aos trabalhadores da Emdec:

• Reajuste 2,79% retroativo a 1º de maio de 2018 nos salários, Vale Alimentação e no Vale Refeição;

• Reajuste de 2,79% no valor do PPR para o ciclo de Julho 2018 a junho 2019,

• Reajuste extra de 2,79% no Vale Alimentação e no Vale Refeição a partir de setembro 2018 com carregamento no final de agosto 2018.

O índice de 2,79% corresponde ao ICV do DIEESE do período de maio 2017 a abril 2018, cabendo salientar que o índice oficial do governo que é o INPC para o mesmo período corresponde a 1,69%. Contudo garantimos aos trabalhadores a correção salarial pelo melhor índice.