GERAL: A polícia tucana ataca novamente, professores e servidores de outras secretarias são as vítimas da vez

Servidores Públicos da Rede Municipal são agredidos por lutarem por seus direitos na Câmara Municipal

39

Na última quarta-feira, dia 14 de março de 2018, alguns professores da Rede Municipal de Educação de São Paulo foram agredidos em manifestação numa Sessão Legislativa.

A manifestação era contra um projeto de lei que visa dividir a conta da previdência com os servidores municipais aumentando de maneira absurda a contribuição, que pode chegar a atingir quase 20% de desconto de seus salários.
A categoria dos professores, capitania a greve com 93% de adesão, que teve início no dia 8 de março.

O SINDVIÁRIOS é solidário aos manifestantes feridos e repudia o ataque covarde da Guarda Municipal aos manifestantes.

Os mandos e desmandos da gestão Tucana na cidade alinhada com a péssima gestão do Governo do Estado, cada vez mais retiram direitos dos trabalhadores e ferem a sociedade enfraquecendo setores importantes como a Educação, Transporte e Segurança.

Nota de Repúdio

Toda a equipe do SINDVIÁRIOS lamenta a tragédia ocorrida com a Vereadora do PSOL, Marielle Franco.
A crise política que se instaurou no país nos últimos anos se reflete cada vez mais e de maneira mais violenta na população.
Desta vez perdemos uma grande ativista política que atuava ferrenhamente a favor dos direitos da população mais pobre, a favor dos direitos das mulheres e a favor da população, que sofre mais e mais a cada dia.
As nossas mais sinceras condolências à família.