JUNTOS: CET apresenta propostas e manutenção de algumas cláusulas

Mudança de data pagamento do vale refeição, inclusão do auxílio educação e educação especial, vale cultura, são algumas das propostas apresentadas

161

Ontem dia 29 de maio, as bancada patronais e dos trabalhadores se reuniram para dar continuidade às negociações do nosso Acordo Coletivo. 

A empresa colocou em pauta mais algumas propostas que eles entendem serem possíveis as manutenções e a alteração do texto do atual acordo. Confira as propostas:

  • Estudar os impactos financeiros para alteração da data de pagamento do Vale Refeição/Alimentação para o penúltimo dia útil;
  • Manutenção do adicional de férias em 50%;
  • Redução das folgas quadrimestrais para apenas uma folga semestral. Bancada dos trabalhadores já negou esta proposta na mesa de negociação;
  • Inclusão de novo ítem no auxílio educação e auxílio educação especial, criando a possibilidade de vista técnica nas escolas para verificação do ambiente escolar e evolução dos alunos;
  • Manutenção da cláusula do auxílio transporte. E verificar possibilidade de aumentar a quantidade para 22 vales mensais;
  • Vale cultura a partir do mês de Julho;
  • Manutenção da cláusula de suspensão dos benefícios àqueles que solicitam licença não remunerada;
  • Mandato de 2 anos da CIPA, revezando o presidente entre os eleitos e indicados, CIPA única e readequação da quantidade de cipeiros;
  • Manutenção da Assistência Jurídica aos trabalhadores na esfera criminal;
  • Garantia de Anonimato em publicidade;
  • Manutenção do incentivo ao cooperativismo;
  • Manutenção da Comissão Permanente de Segurança;
  • Criação de uma comissão permanente para discussões de pautas dos trabalhadores, como: defesa pessoal e armas não letais, calendário de pontes e feriados, atuação em eventos de médio e grande porte, adequação dos locais de trabalho, BTE, horário móvel administrativo, procedimento para realização de exame periódicos, assédio moral e quaisquer outras pautas necessárias;
  • Garantia da cláusula penal em caso de descumprimento de cláusulas do ACT.Lembramos que tais propostas serão discutidas e, aprovadas ou não, pela categoria em Assembleia. 

Até o momento não houve apresentação de índices e ainda restam cláusulas a serem discutidas, inclusive as mais polêmicas.

A próxima reunião ocorrerá na próxima semana, devido ao feriado.

Em breve, convocaremos Assembleia para explanar com mais detalhes os termos discutidos e tirar a linha de ação da nossa campanha salarial.