PCCS #CETSP, atualizações fresquinhas

Semana que vem, em live, detalharemos a reunião ocorrida nessa quarta

1505

Nessa terça-feira, 12/03/2024, a DR e o SINDVIÁRIOS participaram de mais uma reunião com a empresa, onde fomos informados pela bancada patronal que a Superintendência de Recursos Humanos da CET está preparando o Relatório Final para ser encaminhado à Diretoria da Empresa.

Apesar de o encaminhamento das nossas propostas ter sido feito por meio de ofício do SINDVIÁRIOS à CET e todas essas entidades de representação terem assinado o Ofício, demonstrando nosso compromisso, unidade e organização, mesmo assim, nos foi perguntado se há consenso entre as representações.

Sendo assim, colocamos em anexo o que foi encaminhado!

Além disso, foram feitas perguntas técnicas sobre as nossas propostas encaminhadas e documentadas. Vale lembrar que essas propostas já eram de conhecimento da patronal, pois foram feitas durante as reuniões que ocorreram mesmo antes do estabelecimento do atual Ato do Presidente da CET, que constituiu a presente comissão de discussão para reformulação do PCCS.

Reafirmamos nossa posição de que todos os trabalhadores e trabalhadoras da CET precisam evoluir primeiro pela antiguidade para iniciar as correções históricas. Isso para começar a corrigir as distorções que o atual PCCS causou! Como sustentamos a posição de que para as pessoas começarem a ver alguma evolução nesse processo de discussão, por parte da Empresa é necessário que a CET se pronuncie oficialmente para o seu quadro de profissionais. Nossa defesa intransigente sobre a unificação de funções e cargos, para que os cargos sejam mais amplos, é óbvia, pois é preciso proteger e prever a absorção de cargos, funções e atividades que hoje não têm previsão de portas de entrada por concursos públicos.

Portanto, precisam ser absorvidas dentro da estrutura para mantermos o nível de empregabilidade existente. Para nós, a antiguidade deve ser privilegiada, assim como a Avaliação de Desempenho deve ser a menos subjetiva possível. Pode parecer um pensamento simples, porém causa muito alvoroço, e demonstramos como isso é importante para que o PCCS seja respeitado e tenha forte credibilidade para melhorar a motivação, que está em baixa.

Mantemos nossa visão de que a prova de certificação deve ser aplicada somente após o levantamento do quadro real de necessidades para cada cargo e as posições necessárias em cada um. É uma oportunidade para que as relações profissionais e a evolução sejam transparentes e modernas! Na próxima semana, faremos uma live para sanar todas as dúvidas.

Confira aqui o documento

Reno Ale
Presidente do SINDVIÁRIOS

2 COMENTÁRIOS

  1. e os administrativos que fazem a mesma coisa, sendo I, II, III, ou IV ? só ganhando salários diferentes e gerando situações absurdas, como um assistente 1 ou 2 fazendo trabalhos mais complexos do que o 4?…será que alguém tem coragem de mexer nessa ferida?

  2. De técnico de projetos para agente de trânsito? Isso só demonstra total desconhecimento das atividades desenvolvidas na Diretoria de Planejamento e Projetos! Lamentável mais uma vez essas representações irem na contramão do progresso funcional de alguns funcionários. Já sofremos isso durante o desmanche de cargos feitos no final dos anos 90/2000, quando nada foi feito para barrar a sanha dos diretores da época em acabar com cargos de segundo grau técnico.
    Essa proposta é uma simplificação acentuada que somente dilui a responsabilidade e conhecimento de certos cargos, mais uma vez prejudicando vários integrantes que se preocupam em evoluir e dar o melhor de si.
    Lamentável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome