PPR – TEMOS QUE MELHORAR!

Nosso PPR foi construído sobre o custo evitado, cabe a cada um fazer a sua parte

538

A EMDEC – Campinas divulgou a tabela do primeiro semestre de apuração das metas do nosso PPR que vai de julho de 2016 a junho de 2017.

Observando os resultados, percebemos que o sinal amarelo acendeu.


Precisamos reduzir o consumo de água, energia elétrica e impressões de cópias coloridas, sem contar que temos que estar atentos as faltas injustificadas.

Para não ficarmos vermelhos de raiva na hora do pagamento do PPR, temos que maneirar, e muito, na quantidade de copo de café.

Não é para parar de beber café, claro, mas utilizar os copinhos com consciência já ajuda bastante, e o pessoal da sede precisa se esforçar para economizar energia elétrica.

Já, para seguirmos em frente, de boa, como uma onda verde, não podemos descuidar das metas que estão sendo atingidas, para não termos surpresas no final de agosto, data do pagamento do PPR, que este ano vai pagar R$ 710,71 aos trabalhadores e trabalhadoras.

Lembrando a todos que nosso PPR foi construído sobre o custo evitado, cabe a cada um fazer a sua parte, para que essa atitude venha somar no bolso do trabalhador e trabalhadora.