Regulamentação da profissão de Agente de Trânsito

Audiência pública deixou claro que agentes de trânsito celetista, não estão nos planos, direção do SINDVIÁRIOS busca alternativas

590

A direção do SINDVIÁRIOS está em Brasília, buscando apoio e alianças parlamentares que ampliem e fortaleçam nosso sindicato e categoria.

Em nossa agenda, ocorreu uma visita ao gabinete do deputado Hugo Leal onde seu assessor parlamentar nos recebeu e deixou claro que não existe possibilidade jurídica para alteração automática do regime celetista para estatutário, e que, está aberto ao diálogo para tratar do assunto.

Outro destaque, foi a participação do Presidente do SINDVIÁRIOS  em uma audiência pública, onde subiu a tribuna e defendeu a inclusão dia agentes de trânsito celetista no projeto de lei.  Em sua fala, Reno Ale enfatizou que os agentes de trânsito devem ter uma regulamentação da profissão plural e que atenda os diversos regimes jurídicos e questões regionais. Lembrou que a CET-SP por exemplo, existe há mais de 40 anos sob o regime celetista e até hoje gerencia com competência o trânsito da maior metrópole da América Latina. 

O SINDVIÁRIOS, com apoio da CUT e CNTTL, a qual deixamos desde já nosso agradecimento, buscará apoio dentro da frente parlamentar em defesa do trânsito seguro, composta por 217 deputados e deputadas para sensibilizá-los para a inclusão dos celetistas. 

Articularemos também, com a bancada dos deputados trabalhadores e progressistas do Congresso Nacional para nos ajudar nesta empreitada.

Criaremos também, um texto base para o deputado Hugo Leal, solicitando alteração no texto, como também contamos com toda categoria para cobrar o nobre deputado e seus pares da frente parlamentar através de e-mails que serão disponibilizados em breve.

Deixamos um recado à categoria: Não iremos esmorecer e não deixaremos de lutar para garantir a regulamentação da profissão de Agentes de trânsito celetista!