STF adia julgamento sobre taxa de correção do FGTS

Suspenso desde julho de 2014, STF julgaria no dia 13 a ADIN que contesta o uso da TR como índice de correção do FGTS

1186

E, mais uma vez, o STF amarelou para as trabalhadoras e trabalhadores.

O julgamento sobre a índice de correção do FGTS, parado desde julho de 2014, foi retirado da pauta.

Com isso, os trabalhadores ficarão mais um tempo sem saber se a Taxa Referencial – TR, será ou não o índice de correção do FGTS.

PARA ENTENDER

Desde 1999, a TR vem registrando índices menores que a inflação e, desde 2017, está com índice zerado, prejudicando trabalhadoras e trabalhadores.

O julgamento, que deveria acontecer na próxima quinta-feira, 13 de maio, foi retirado da pauta. Nos cabendo, agora, aguardar nova data a ser indicada pelo presidente do STF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Digite seu nome